domingo, 7 de abril de 2013

A importância da hidratação durante o exercício físico

A água é necessária para repor o que o corpo perde através da funções diárias normais. Perde-se água quando vai ao banheiro, transpira e até em pequenas quantidades quando exala. É preciso repor essa perda a fim de prevenir a desidratação.

Água é um elemento essencial para o nosso dia-a-dia e, mais ainda, durante a pratica de atividades esportivas. É importante para a sobrevivência do homem: o corpo humano é constituído por 80% de água, sendo ela a responsável pelo transporte de nutrientes e substâncias para dentro e fora das células, além de controlar a temperatura corporal e eliminar substratos tóxicos advindos do metabolismo energético. 

Assim, para um bom desempenho é preciso ingerir líquidos em pequenos intervalos, visto que durante a atividade física seu corpo perde calor e, conseqüentemente, água. É preciso ingerir uma quantidade mínima de água por dia e essa quantidade vai muito além da sensação de sede - que já expressa a desidratação. 

Durante uma Corrida de Aventura a água também desempenha um papel estratégico fundamental: ao analisar o percurso de uma competição, os atletas podem decidir se vão carregar peso levando água potável ou se irão procurar por nascentes durante o percurso e, dessa forma, aliviar o conteúdo de suas mochilas. 
A importância da água na atividade física 

A água eqüivale a 40-60% do peso corporal. Um indivíduo de 75Kg tem cerca de 30 a 45 Kg de água no corpo. 

A contração muscular eleva a temperatura corporal. Em climas quentes a principal forma de perda de calor é a transpiração, que serve para resfriar o corpo. 

O calor corporal e ambiental é capaz de gerar um stress térmico devido a problemas de desidratação e termorregulação. Esse stress térmico leva à exaustão térmica e consequentemente à fadiga e, em casos mais severos, ao choque térmico que pode levar ao coma e até à morte. 

A sudorese é uma resposta termorregulatória que varia de acordo com a intensidade do esforço, a temperatura e a umidade. Uma hidratação não adequada pode levar à desidratação que acarreta sérios danos à saúde como: 
- Aumento da freqüência cardíaca e diminuição do rendimento cardíaco; 
- Sintomas gastrointestinais; 
- Diminuição da pressão; 
- Diminuição da capacidade anaeróbica; 
- Diminuição da resistência muscular; 
- Diminuição da potência aeróbica máxima; 
- Diminuição da capacidade de trabalho; 
- Alteração da performance. 

A desidratação leve, com perda de cerca de 1% do peso corporal, leva à diminuição da performance, uma recuperação lenta e deterioramento das condições motoras e cognitivas. Além disso, acarreta um aumento da fadiga e do número de lesões e erros. 

A hidratação é importante para repor as perdas de água e eletrólitos eliminados pelo suor. Durante o exercício físico, a hidratação adequada favorece a ingestão de carboidratos importante para a recuperação muscular, e também de sódio quando esse é perdido pelo suor. 

Durante o exercício não se deve apenas beber água ou qualquer outro tipo de líquido apenas quando se tem sede. A desidratação instala-se antes que a sensação de sede seja reconhecida (normalmente com 2% do peso corporal já perdido - 1,4Kg para um indivíduo de 75Kg). 

O melhor hidratante é a água, sendo que a água fria é melhor absorvida. O atleta já deve dar atenção à hidratação antes mesmo do início do treinamento. Uma forma de estimar as necessidades de água durante exercício é através da perda de peso durante o treinamento. Essa reposição deve ser igual à 1,5 vezes o peso perdido. Assim, um indivíduo que perde 1kg de peso durante o treino deve ingerir 1,5 litros de água. Sabendo-se então a média de peso perdido, deve-se ingerir a quantidade de água do início ao fim do treino, e depois continuar dando atenção á hidratação para reiniciar o próximo treino bem hidratado. 

Soluções contendo maltodextrina ajudam a controlar a glicemia e otimizam a recuperação muscular por fornecer energia ao músculo imediatamente após o exercício. Bebidas isotônicas que contenham sódio melhoram a hidratação e ajudam a repor esse mineral comumente perdido no suor, mas seu uso deve ser controlado já que o excesso de sódio pode ser prejudicial à hidratação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário